Apresentação

Local : Auditório da Fundação Osvaldo Cruz – Fiocruz, no Campus da Universidade de Brasília – Asa Norte, Brasília DF

O primeiro seminário franco-brasileiro sobre saúde ambiental, cuja tématica é água, saúde e desenvolvimento, se inscreve no âmbito geral da Cúpula de Nova Yorque de 2000 e da Cúpula da Terra de Joanesburg de 2002 quando foram definidos os objetivos de desenvolvimento para o Milénio [1] (ODM) e do Fórum Mundial sobre Agua que acontecerá em Marseille (França) em março de 2012 bem como da Conferência Rio + 20.

Este seminário terá como eixo principal as seguintes questões : consequências da poluição dos meios aquáticos, tanto no meio urbano como rural, ligado à atividade antrópica e/ou à falta de infra-estrutura de tratamento da fonte ; persistência da transmissão de doenças vetores (malária, dengue, esquistossomose, leptospirose, filariose) ; elevação da mortalidade devido a doenças ligadas à água (hepatite, febre tifóide, diarréia, etc…) ; análise das dinâmicas e dos meios de transmissão dessas doenças e suas consequências sobre a qualidade de vida das populações. As consequências em termos de desenvolvimento serão abordadas de maneira geral ou específica em função das experiências expostas.

O seminário se apoiará :

  • nos trabalhos científicos e nas políticas desenvolvidas pelos organismos francêses no Brasil e seus parceiros brasileiros,
  • bem como nas experiências de intercâmbio técnico desenvolvidas entre os dois países.

Cada tema será abordado no formato de mesas redondas, por meio de estudos e projetos realizados até hoje em territórios específicos no Brasil.

————————————————————————————————–

[1] Alvo 7.C do Objetivo 7 – Reduzir para metade, até 2015, a proporção de pessoas sem acesso sustentável à água potável ou a serviços de saneamento básico)